terça-feira, 3 de agosto de 2010

Amor ilimitado


"Por que todos nós corremos para Baba? É porque, não importa quão afetuosos os nossos relacionamentos mundanos possam ser, eles não saciam a nossa sede de dar e receber amor. É por isso que essa nossa ilimitada sede só se realiza no Seu amor ilimitado. Uma única amostra de sua ternura pode nos deixar chorando de alegria ao longo de décadas! Assim nós também não podemos saciar a Sua sede ainda mais intensa pelo nosso amor enquanto continuarmos limitados. Quanto mais nos entregamos, mais Ele nos agracia com devoção. Mas quando o nosso ego desperta para perturbar, então a nossa devoção se dissipa. É por isso que a aniquilação do "eu" é tão importante para um devoto, já que o único e verdadeiro puro amor que um devoto pode dar é o seu próprio amor tumultuado. Toda a nossa existência, nossas opiniões, nossas personalidades, nossa conduta, são simplesmente diques que são despedaçados pelas águas da entrega na tempestade do Seu amor. Como Baba disse, quanto mais nos entregamos, mais e mais nós vamos atingir a divindade. Finalmente, se entregamos essa divindade a Ele, então iremos alcançar a felicidade sem fim. Se entregarmos toda essa felicidade sem fim, alcançamos a Ele. Essa entrega final (de felicidade) é a mais difícil. No entanto, é o nosso destino, como a Sua graça é a nossa realidade única."

P.R.SARKAR

Nenhum comentário: