quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

SEU CÉREBRO TEM ÂNSIA POR MÚSICA

SEU CÉREBRO TEM ÂNSIA POR MÚSICA 

Desde dos tempos paleolíticos os seres humanos têm investido bastante tempo e esforço para fazer música, de acordo com os arqueólogos que descobriram flautas esculpidas há mais de 35.000 anos atrás em ossos de animais.

Mas porque será então que uma mera sequência de sons tem tanto valor?

A neurociência está começando a explicar o porquê disso. Música que é descrita pelas pessoas como altamente emocional estimula o mesmo sistema de recompensa e prazer situado profundamente dentro do cérebro, que é ativado por comida, sexo e drogas como cocaína e anfetamina.

“isso é bastante notável”, declara o neurocientista Robert Zatorre, do Instituto Neurológico de Montreal, da Universidade Mc Gill, no Canadá, “porque música não é estritamente necessária nem para sobrevivência biológica nem para reprodução, e nem tampouco é uma substância farmacológica. A ativação desses sistemas cerebrais em resposta a um estímulo tão abstrato como música pode representar uma propriedade emergente da complexidade da cognição humana. A capacidade da música de induzir tal intenso prazer sugere que, embora a música não seja imperativa para a sobrevivência da espécie humana, ela pode de fato ser benéfica para o nosso bem-estar mental e físico”.

http://www.pnas.org/content/98/20/11818.full
http://www.nature.com/neuro/journal/v14/n2/full/nn.2726.html



Nenhum comentário: